0
0
0
s2sdefault

Publicado em: 29/04/2020

Fotos: Jefferson Peixoto/Secom

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) levou a distribuição de máscaras de proteção para o Plano Inclinado Liberdade-Calçada na manhã desta quarta-feira (29). Cerca de mil unidades foram destinadas aos usuários do ascensor, que liga o bairro da Calçada ao da Liberdade.

Desde a última sexta-feira (24), a ação é realizada nas estações de transbordo de Salvador com o intuito de disponibilizar o material para quem ainda não tem. A medida permite que a população se proteja contra a proliferação do coronavírus e cumpra a determinação de obrigatoriedade do uso de máscaras no transporte público, prevista em decreto e em vigor desde a segunda-feira (27).

A utilização do equipamento de proteção individual é uma recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde para inibir a transmissão da Covid-19. Até o momento, 12 mil máscaras já foram distribuídas nas estações da Lapa, Mussurunga, Pirajá e Acesso Norte.

“Quando você utiliza a máscara você está preservando a sua vida e a vida do próximo. Acho que 95% da população já tem essa consciência e já está utilizando a máscara no transporte público. Nós estamos fazendo também com que a lei seja cumprida, por meio das blitze junto com a Transalvador e do apoio da Guarda Municipal em todas as estações de transbordo”, afirmou o titular da Semob, Fábio Mota. 

Orientação – A Semob também está orientando a população por meio de mensagens sonoras e panfletos e realizando blitze nos ônibus para verificar se há algum passageiro sem a máscara. Essa orientação ocorre nas estações e também em outros 80 pontos de grande concentração de passageiros.

“Ainda não precisamos impedir nenhum passageiro de utilizar o veículo. Para quem está sem a máscara, nesse momento, nós estamos dando para que o cidadão possa usufruir do transporte público. Vamos fazer com que a lei seja cumprida e evitar que se faça a proliferação do coronavírus”, acrescentou Mota.

Parceria – A doação das máscaras ocorre a partir de uma parceria com a Associação Comercial da Bahia (ACB) que comprou o material a partir de doações. Ao todo, 200 mil máscaras estão sendo doadas pela ACB para a distribuição nas estações de transbordo.

0
0
0
s2sdefault