0
0
0
s2sdefault

Publicado em: 03/09/2020

Fotos: Valter Pontes/Secom

A Avenida ACM ganhou mais uma estrutura para garantir a fluidez de tráfego, com a entrega de um elevado na região do Cidadela.  O equipamento foi inaugurado pelo prefeito ACM Neto nesta quinta-feira (3) e passa a receber veículos provenientes do Itaigara ao Shopping da Bahia. A construção integra o complexo viário Félix Mendonça e é o sexto equipamento entregue pela Prefeitura na primeira etapa do BRT.

Na prática, já a partir de hoje, os veículos que vierem do Parque da Cidade podem passar por cima da nova estrutura, não havendo mais necessidade de seguir nas marginais da Faculdade Universo e Lar Shopping. Sustentado por 72 vigas pré-moldadas, o elevado tem 2.080 m³ de concreto e 250 toneladas de aço. O investimento foi de R$ 16,2 milhões.

“Estamos fazendo mais uma entrega importante dentro dessa que é a maior obra viária em execução na nossa capital. A Avenida ACM é uma das mais demandadas da cidade não apenas por quem mora na região, mas pelas milhares de pessoas de bairros distantes que trabalham aqui. Esse elevado já vai melhorar muito o fluxo de veículos, permitindo que a população ganhe mais qualidade de vida com menos tempo no trânsito”, afirmou ACM Neto.

O prefeito lembrou que o cronograma de conclusão de todo o sistema viário da primeira etapa do BRT está previsto para o final do ano. Com as obras em ritmo acelerado, consequentemente alguns trechos da Avenida ACM têm sido temporariamente comprometidos com congestionamentos. “Peço desculpas e mais paciência aos trabalhadores, moradores da região e a todas as pessoas que passam aqui em função de algumas retenções. Esses transtornos são passageiros até que tudo fique pronto, mas os ganhos serão definitivos”, disse o chefe do Executivo municipal.

Elevados entregues - O novo elevado na região do Cidadela se soma a outro já inaugurado no mesmo local, em março passado, cujo sentido de tráfego é o oposto (Shopping da Bahia para o Itaigara). Além disso, mais quatro estruturas do tipo já foram implantadas na Avenida ACM.   

Em agosto, foi entregue o elevado no sentido Avenida Tancredo Neves, entre o Sam’s Club e a Praça Newton Rique. Em abril, foi a vez do elevado entre a Baviera e o Sam’s Club, com 560 metros de comprimento no sentido Parque da Cidade. Por fim, outros dois viadutos foram inaugurados em dezembro de 2019 nas imediações do Parque da Cidade, beneficiando motoristas que trafegavam na direção do Itaigara/Lucaia e vice-versa.   

O sétimo e último elevado da primeira etapa do BRT está em construção. O equipamento terá mão dupla e será específico para a circulação dos ônibus articulados do BRT, tendo extensão da Praça Newton Rique até as proximidades da estação do metrô da rodoviária.

Características – O projeto total do trecho um do BRT compreende uma extensão de 2,9 km, ligando o Loteamento Cidade Jardim (Parque da Cidade) à região do Shopping da Bahia (Estação de Integração BRT/Metrô). O investimento é de R$ 213 milhões, com recursos oriundos de financiamento junto à Caixa Econômica Federal. Os outros dois trechos - o que vai ligar a Estação da Lapa à região do Parque da Cidade e daí se prolonga até a Pituba - já estão com obras em andamento.  

A implantação do novo modal vai possibilitar a criação de linhas exclusivas para o transporte público, automóveis e bicicletas em corredores de tráfego próprios e segregados que vão reduzir o tempo do soteropolitano no trânsito e melhorar a mobilidade em regiões críticas. As obras são coordenadas pela Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) e executadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra).

"É uma obra importantíssima que vai melhorar a mobilidade da cidade e resolver de vez os alagamentos na Avenida ACM em períodos de chuva. Só para dar um exemplo, o usuário do transporte individual vai sair da Avenida Garibaldi até o Shopping da Bahia sem enfrentar nenhuma sinaleira quando tudo estiver pronto. Fora que haverá a qualificação do serviço de transporte público, pois o BRT trará ônibus com capacidade maior e com ar-condicionado", destacou o titular da Semob, Fábio Mota.

 

0
0
0
s2sdefault