0
0
0
s2sdefault

 

Publicado em: 01/02/2022

 

Para facilitar o deslocamento de pessoas cegas que utilizam o transporte coletivo em Salvador, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), em parceria com o app de mobilidade Cittamobi, lançaram, nesta quinta-feira (31), uma atualização do Cittamobi Acessibilidade. O lançamento contou com a participação da vice-prefeita e secretária de Governo (Segov), Ana Paula Matos; do secretário de mobilidade, Fabrizzio Muller; do representante e do desenvolvedor do Cittamobi, Bruno Reis e Luiz Eduardo Porto, respectivamente.

 

O novo recurso permite que pessoas com deficiência visual total ou parcial possam utilizar os ônibus da cidade de forma mais independente, através de recursos de voz que orientam o usuário em seu deslocamento. Desenvolvedor da ferramenta, Porto explicou a motivação para a iniciativa.

 

“Depois de ficar 40 minutos no ponto aguardando meu ônibus e sem nenhum auxílio externo, percebi que precisava de algo que pudesse tornar mais fácil saber quando meu ônibus passava e onde eu deveria descer”, contou.

 

A atualização possui comando de voz que alerta automaticamente quais ônibus estão próximos à parada selecionada, sinaliza o momento exato em que o passageiro deve descer do ônibus no ponto de destino escolhido, e informa também por quais locais o ônibus está passando ao longo do trajeto, fazendo com que a pessoa cega fique mais ambientada com a cidade. Além disso, os novos recursos permitem que o usuário descubra as melhores rotas de deslocamento, utilize o comando de voz ou receba alertas sobre obstáculos no trajeto, entre outras funcionalidades.

 

“Esta é uma ferramenta que proporciona uma melhor qualidade de vida às pessoas cegas de nossa cidade. Não foi um aplicativo desenvolvido por quem não vive estas dificuldades, foi algo pensado e feito por quem precisa dele diariamente” declarou Ana Paula.

 

Abrangência – De acordo com dados do Censo 2010 do IBGE, Salvador possui mais de 7 mil pessoas que não conseguem enxergar, enquanto mais de 81 mil possuem grandes dificuldades. “Este é um número bastante significativo, e a gestão pública precisa de iniciativas como esta, que dão impulso para que possamos levar cada vez mais à frente e com mais responsabilidade para oferecer ferramentas que facilitem a vida de quem precisa”, ressaltou Ana Paula.

 

O titular da Semob destacou ainda a importância do aplicativo para quem utiliza o transporte público de Salvador – em 2021, o CittaMobi contabilizou mais de 300 mil usuários ativos e 9 milhões de acessos somente em 2021. “O aplicativo, que já é amplamente utilizado na cidade pelos usuários dos ônibus por facilitar o deslocamento, tem sido também um grande parceiro nessa busca por tornar a cidade de Salvador mais acessível”, concluiu.

0
0
0
s2sdefault