0
0
0
s2sdefault

 

tarifa do transporte público em Salvador poderá ser reajustada para R$4,90 em 1º de junho deste ano, caso o subsídio federal não seja aprovado pelo governo federal. O anúncio foi realizado pelo prefeito Bruno Reis, nesta quinta-feira (31), durante a entrega do novo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Federação.

 

De acordo com o chefe do Executivo municipal, se fosse praticada a fórmula paramétrica prevista no contrato, que considera itens como o insumo do transporte público, cujo aumento foi de mais de 100% apenas no combustível, e a inflação do período, que foi mais de 10%, a tarifa deveria ser reajustada para R$5,30.

 

“No entanto, nós negociamos com as empresas para que R$0,30 desse valor seja pago, abatendo da outorga do município, R$0,10 a Prefeitura vai assumir por todo o ano, e R$0,50 vamos assumir pelos meses de abril e maio, aguardando a chegada do subsídio federal, que já foi aprovado pelo Senado. Se o recurso também for aprovado pela Câmara e pelo presidente e for repassado para Salvador, não terá reajuste no transporte público na cidade este ano. Se o recurso não vier, não haverá outro caminho e, a partir de 1º de junho, a tarifa será R$4,90”, explicou Bruno Reis.

0
0
0
s2sdefault