0
0
0
s2sdefault

 

Publicado em: 13/01/2023

 

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) efetuou 372 ações de fiscalização ao longo de 2022 para coibir a prática do transporte de passageiros não autorizado. No período, as blitze resultaram em 874 autuações, tendo sido necessárias 834 remoções de veículos, das quais 179 foram de mototáxis e 655 de vans e carros de passeio – mais conhecidos como “ligeirinhos”.  

 

Durante as ações, também são averiguados itens de segurança, como luz de freio, pneu de socorro e estado de conservação do veículo, além de itens do motorista, a exemplo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), do certificado do curso de condutor e fardamento.

 

Marinalva Passos, aposentada de 79 anos, é mãe e avó de duas pessoas com deficiência (PCDs) e aprova as ações de fiscalização. “É uma coisa boa porque a gente pode ver um pneu careca, o carro cheio de fios soltos por dentro, e isso é um perigo para o cidadão”, pondera. 

 

Legislação – De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), combinado com a legislação municipal, veículos flagrados atuando de forma ilegal são passíveis de remoção e multa no valor de R$ 2,5 mil, que pode ser dobrada em caso de reincidência. 

0
0
0
s2sdefault